AMOCANELA se reúne com Superintendente da Transalvador

A Diretoria da AMOCANELA se reuniu na quinta-feira, 05, com o Superintendente da Transalvador, Fabrizio Muller, para tratar da questão do tráfego e trafegabilidade no bairro Canela.

A reunião começou tratando sobre o tema da Zona Azul, sobre o qual a Diretoria da AMOCANELA solicitou maiores esclarecimentos devido ao grande número de dúvidas que ainda envolvem o tema, considerando que o bairro Canela é um bairro híbrido, comercial e residencial e muitos moradores utilizam a via pública para estacionar seus veículos.

O Superintendente falou que não há como o Poder Público Municipal agir frente a ação dos flanelinhas e que isto é dever da Polícia Militar que, por sua vez, também só pode agir quando da ocorrência de algum ato delituoso por parte do ‘guardador de carro’ e que, para isso, as pessoas precisariam denunciar, o que quase nunca acontece.

Sugere que a Zona Azul é melhor forma de controlar a atuação deles.

Considerando também o caráter híbrido do bairro, ele afirmou que juntamente com a Zona Azul seria implantada a Zona Verde, em que o morador da rua teria direito a cadastrar um veículo para estacionar gratuitamente não importando dia ou horário.

Além disso, a Zona Azul funcionária das 7h às 19h de segunda à sábado, sendo que os demais horários estariam liberados aos moradores e frequentadores do bairro.

Na oportunidade, o Superintendente foi previamente convidado a participar de uma Assembleia organizada pela AMOCANELA para dialogar e esclarecer dúvidas diretamente com a população local, ao ele prontamente se colocou à disposição.

Foram trazidas também as demandas relacionadas aos pontos irregulares de táxis existentes nas Rua Dr Augusto Viana (Reitoria), Cônego José Loreto e Dr. Clemente Ferreira, impedindo o fluxo de veículos.

Ele informou que a responsabilidade pela fiscalização dos taxistas é da SEMOB, mas que com frequência os taxistas que ficam parados  na rua da Reitoria são multados, mas eles continuam parando. Perguntado se poderia instalar um placa de sinalização no local, ele disse que poderia.

Outra demanda trazida também, foi em relação à sinalização de proibido estacionar em um dos lados da Rua Cônego José Loreto, considerando que a rua já é estreita e enfrentam as paradas para desembarque de passageiros para acesso as diversas clínicas e laboratório existentes no local.

O Superintendente assumiu o compromisso de regularizar a situação da sinalização nas ruas Cônego José Loreto e Dr. Clemente Ferreira o quanto antes.

Estiveram presentes à reunião: Fabrizio Muller, Superintendente da Transalvador; Fábio da Mata, Gerente da Prefeitura Bairro Barra/Pituba; Armando Yokoshiro, Técnico em Infraestrutura e Serviços da Transalvador; Pedro Araújo, Secretário da AMOCANELA; Vinícius Almeida, Relações Públicas da AMOCANELA e Márcio Correa, Conselheiro Fiscal da AMOCANELA.

 


Um comentário sobre “AMOCANELA se reúne com Superintendente da Transalvador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s